Ir para o conteúdo

Entrevista de desligamento: 45 perguntas [+Modelo de Questionário]

entrevista de desligamento

Saber como fazer uma entrevista de desligamento é um dos grandes desafios do RH. Veja abaixo o que é entrevista de desligamento, qual a sua importância e confira dicas e ideias de perguntas para tornar o processo de offboarding mais eficiente.

Sem tempo para ler o artigo? Nós lemos para você. Clique no play para ouvir!

Todo profissional de RH sabe da importância de realizar as perguntas certas na hora de escolher um candidato, mas será que todos sabem como fazer uma boa entrevista de desligamento?

Muitas empresas ignoram a saída dos funcionários e não planejam uma conversa final com o colaborador. Isso pode trazer diversos problemas para a organização, como o aumento da taxa de turnover e prejuízos financeiros.

Por isso, o RH precisa saber da importância da entrevista de desligamento e procurar fazer as perguntas certas para identificar as causas e consequências dessa saída, independentemente do tipo de demissão.

Confira neste artigo as melhores práticas e dicas para a hora de desligar um colaborador. Leia a seguir!

📝[Baixar agora!] Modelo de entrevista de desligamento

Índice

O que é desligamento da empresa? 

Antes de falar sobre este tipo de entrevista, vamos explicar brevemente o que é e como funciona um processo de demissão, que deve ser feito com muito respeito e empatia por parte dos profissionais de RH.

O desligamento é o momento que encerra o vínculo empregatício entre empresa e trabalhador. Esse processo pode ser por consequência de diferentes tipos de demissão, como:

  • Justa causa
  • Sem justa causa
  • Pedido de demissão por parte do colaborador
  • Acordo entre as partes
  • Término de contrato de experiência.

Essa situação delicada envolve sentimentos e preocupações do trabalhador. Portanto, nada mais justo que o RH tome alguns cuidados e siga algumas estratégias para deixar o offboarding mais agradável.

É importante saber que o funcionamento desse processo não engloba apenas as partes burocráticas, como assinaturas de encerramento de contrato, exame demissional, entregas de documentos e devolução de ferramentas de trabalho.

É fundamental realizar uma entrevista para que o fim da experiência profissional do colaborador na empresa seja tranquilo e amigável. Esse é momento certo para o RH entender o que gerou a saída do colaborador. Entenda melhor a seguir e confira um modelo de entrevista de desligamento.

recrutamento onboarding factorial

O que é entrevista de desligamento?

Se você não sabe o que é entrevista de desligamento, então vamos explicar tudo sobre essa prática a seguir.  Essa é uma estratégia utilizada para entender melhor os motivos que fizeram o colaborador ser desligado ou pedir demissão.

Os especialistas do setor de Recursos Humanos são os responsáveis por criar e aplicar o formulário para entrevistas de desligamento. O gestor ou líder desse profissional também pode participar do processo de criação e aplicação do questionário, se for necessário.

A entrevista trará uma reflexão e análise sobre toda a trajetória profissional do colaborador, esclarecendo os motivos que o levaram a deixar a instituição. Apesar de não ser obrigatória, esse tipo de ação pode trazer diversos dados e informações relevantes para a companhia.

Por isso, recomendamos que os RHs apliquem um formulário de entrevista de desligamento que seja objetivo, abordando os principais pontos.

👉 Rescisão de Contrato: Como calcular?

Objetivos

Uma entrevista de offboarding pode soar para muitos como um último diálogo para a empresa e o profissional apontar os defeitos do encerramento dessa parceria. Mas esse não é o objetivo desse tipo de questionário.

Os principais objetivos da entrevista demissional são ouvir o feedback do colaborador, entender os seus motivos e realizar uma conversa construtiva, sem apontar defeitos, problemas ou culpados do desligamento.

Por outro lado, o RH também pode indicar os seus pontos de vista e quais são as melhorias que poderiam colocar em prática no dia a dia. Aém disso, é importante ter indicadores bem definidos para a entrevista de desligamento, para assim detectar de forma efetiva como aprimorar os processos internos da empresa.

👉 Pesquisa de Clima organizacional: Modelo em Word

Como fazer uma entrevista de desligamento

Embora existam diversas maneiras de fazer uma entrevista de desligamento, algumas ações estratégicas precisam ser seguidas para obter informações importantes sobre o caso de cada colaborador.

Além disso, o ideal é que um profissional de RH seja o entrevistador, já que tende a ser uma pessoa que não está inserida diretamente na rotina de trabalho, e, portanto, será imparcial quanto aos conflitos e problemas do dia a dia.

Confira a seguir como fazer uma entrevista de desligamento:

1. Carta de demissão e documentos

O primeiro passo é organizar os documentos que devem ser assinados pelo colaborador. Em todos os casos, fazer uma carta de demissão é fundamental. Esse é um documento obrigatório de acordo com a CLT e ajuda a registrar os motivos da saída do colaborador e as datas de início e fim do vínculo laboral.

⬇️ Crie a sua carta de demissão em poucos minutos ⬇️

modelo carta demissao

2. Elabore o formulário de perguntas

Depois de organizar a documentação, é hora de preparar tudo para a reunião com o ex-colaborador. Para isso, crie um formulário para entrevista de desligamento, com um questionário que respeite a ordem cronológica da trajetória do ex-funcionário.

A escolha de cada questão precisa ser cautelosa para evitar que o profissional se sinta intimidado ou constrangido. Para elaborar um questionário completo, as perguntas para a entrevista de desligamento podem estar divididas por categorias, como:

  • Trajetória profissional
  • Relacionamento com equipe
  • Sugestões e feedbacks

📝Veja um Modelo de questionário para entrevista de desligamento em Word a seguir

3. Consentimento

Para evitar conflitos ou situações embaraçosas, o ideal é perguntar se o ex-colaborador deseja participar da entrevista. Afinal, nem todos os trabalhadores se sentem confortáveis em dialogar após a decisão da saída da empresa. A decisão de participar ou não deve ser respeitada.

4. Marcação da entrevista

Se o ex-funcionário desejar participar, então escolha o melhor local para realizar a entrevista. O RH pode propor que essa conversa seja feita presencialmente ou em de forma remota (vídeo chamada).

O encontro precisa ser marcado com antecedência, informando a data e o horário. Assim, ambos podem se preparar para o diálogo. O último dia na empresa costuma ser o momento certo para fazer a entrevista de desligamento.

5. Seja compreensivo e saiba filtrar as informações

Seja compreensivo com o profissional durante a aplicação do questionário de entrevista de desligamento. Muitas vezes, a saída do colaborador envolve uma situação delicada ou pessoal.

No entanto, como todas as situações possuem diversos pontos de vista, nem sempre o que o colaborador disser pode ser uma verdade absoluta. Por isso, o RH precisa fazer o papel de filtrar as informações relevantes que irão para o relatório da entrevista de desligamento.

💡 RH estratégico: 15 dicas e ferramentas para colocar em prática

entrevista de desligamento perguntas

6. Análise e plano de ação

A importância da entrevista de desligamento está justamente no potencial das respostas e feedbacks obtidos. Após cada processo, o RH deve analisar, registrar e filtrar as informações. Dessa forma, será possível criar um plano de ação mais efetivo para a gestão de pessoas, além de otimizar as tomadas de decisão.

[E-book📕] People Analytics: Análise de performance e planejamento

Perguntas para entrevista de desligamento [Modelo de Questionários]

Um bom formulário de perguntas para a entrevista de desligamento precisa ajudar no entendimento das motivações que levaram o profissional a sair da empresa. Por isso, a criação das questões é fundamental para o êxito dessa prática.

O ideal é ter um Modelo de entrevista de desligamento que padronize as perguntas e seja um exemplo para todos que forem realizar este processo.

Confira alguns exemplos de perguntas para a entrevista de desligamento:

  •  O que levou você a aceitar a nossa proposta de trabalho na empresa?
  • O que acha que deveria saber antes de ter começado a trabalhar aqui?
  • Quais são os motivos que o levaram a pedir demissão? (se o desligamento for por parte do colaborador)?
  • Quais os pontos que precisam ser melhorados na organização?
  • Como era o seu relacionamento com a sua equipe?

Essas são apenas alguns exemplos de perguntas que podem ser usados durante a entrevista demissional. Mas se você precisa de um questionário completo, baixe a seguir o nosso modelo de formulário de perguntas para entrevista de desligamento.

⬇️ Modelo de Entrevista de desligamento: 45 perguntas⬇️

modelo entrevista de desligamento

Personalize o modelo de entrevista de desligamento de acordo com cada cargo ou colaborador, adaptando as perguntas e adicionando o que for preciso.

Importância da entrevista de desligamento

Se você ainda não está convencido de esta é uma ótima ferramenta para ser inserida na cultura da sua empresa, então separamos três razões que mostram a importância da entrevista de desligamento, veja abaixo:

  • Identificação de fragilidades dos processos

Provavelmente o colaborador que estiver deixando a empresa será franco e abordará os principais motivos que levaram ao desligamento da empresa. Sendo assim, essa é a oportunidade para RH receber um feedback honesto e realista.

Após ouvir as percepções do ex-funcionário, o entrevistador terá mais chances de descobrir quais são os processos que funcionam bem, que práticas não dão certo e quais os melhores softwares ou ferramentas utilizados, entre outros pontos de vista que apenas o empregado possui da corporação.

👉 Modelo de Contrato Individual de trabalho em Word

  • Diminui a tensão entre empresa e colaborador

Qualquer processo de desligamento, seja qual for o tipo de demissão, não é fácil. Esse tipo de situação mexe com diversos sentimentos, como ressentimento, decepção, tristeza, entre outros.

Por isso, a entrevista de desligamento é a hora perfeita para esclarecer os problemas e frustrações de ambas as partes, da empresa (entrevistado

  • Ajuda a entender a rotatividade

Sem dúvidas, a entrevista de desligamento ajuda a entender a rotatividade de funcionários. Isso porque, com os exemplos de perguntas corretos, é possível detectar padrões e problemas recorrentes que levam à saída dos colaboradores.

Seja em desligamentos voluntários ou involuntários, as respostas vindas das perguntas do questionário de entrevista de desligamento irão identificar as falhas na gestão de pessoas, ajudando o RH a entender a taxa de turnover e a buscar melhorias para diminuir a rotatividade.

⬇️ Calcule o turnover da sua empresa em poucos minutos:

calculadora de turnover

Indicadores do desligamento de um funcionário

Você sabia que existem indicadores que podem ser utilizados nas entrevistas de desligamento? São sinais que podem ser notados no dia a dia da rotina de trabalho, mas que nem sempre são observados pela liderança, gestores e profissionais de RH.

Veja quais são esses indicadores que podem levar à demissão voluntária ou involuntária:

  1. Baixa produtividade no trabalho;
  2. Queda na qualidade das entregas;
  3. Colabora para um clima organizacional ruim;
  4. Nenhuma motivação e engajamento com as atividades da equipe;
  5. Falta de entusiasmo com as demandas;
  6. Comunicação limitada;
  7. Não segue as regras da boa convivência;
  8. Pouco interesse em aprender;
  9. Não se encaixa na cultura da empresa;
  10. Dificuldade em lidar com mudanças.

👉 Teste de Motivação no trabalho: Modelo pronto

Depois da entrevista de desligamento: O que fazer com os dados?

Após a entrevista de desligamento, como o RH deve usar os dados coletados com o ex-colaborador? É preciso saber utilizar essas informações para aprimorar o offboarding, melhorar o clima organizacional e desenvolver novos processos.

Saiba algumas maneiras de usar os dados da entrevista demissional:

  • Faça um relatório de desligamento

Após realizar a entrevista de desligamento e obter dados e informações importantes para o desenvolvimento da empresa, o RH precisa montar um relatório em formato Word, por exemplo.

Mas se estiver com dificuldade de organizar as informações, então busque um software para automatizar os dados para realizar apresentações para estudos e análises com gestores, líderes e com o time de Recursos Humanos.

👉 Relatórios de RH: Ferramenta e recursos

entrevista de desligamento exemplo

  • Use softwares com recursos de offboarding

Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, publicada na Forbes, mostrou que o setor de RH está, cada vez mais, apostando no potencial de ferramentas de People Analytics na gestão de pessoas.

Portanto, estude as opções do mercado para encontrar a melhor forma de captar, organizar e apresentar os dados obtidos durante as entrevistas de desligamento.

👉 Software de offboarding: Teste na prática por 14 dias

  • Compartilhe as informações

Procure compartilhar os dados coletados com outros tomadores de decisão na empresa, como líderes, gestores, integrantes do time de RH e executivos. Mostre as informações levantadas e inicie um diálogo com todos para poderem entender quais são os pontos a melhorar e onde estão acertando.

Software de RH para offboarding

Agora que você como fazer uma entrevista de offboarding e quais as principais perguntas a serem feitas, é importante entender como tornar o processo de onboarding e offboarding da sua empresa mais eficiente.

O mercado de softwares já percebeu que a demanda do setor de Recursos Humanos é alta por conta da procura por tecnologias que tornem os processos mais ágeis e menos burocráticos.

Entre as opções disponíveis está o software da Factorial, que possui mais de 20 recursos que podem ser testados na prática, e inclui tudo o que esse departamento precisa, inclusive para realizar o offboarding.

Com uma plaraforma intuitiva e completa, este software ajuda a recolher depoimentos valiosos dos funcionários que estão deixando a empresa, ajudando a promover uma saída positiva e agradável para ambos.

Além disso, o RH ainda consegue fazer a gestão de documentos e contratos, assim como a captura de assinatura digital, durante a entrada e o desligamento dos profissionais. Para realizar relatórios de RH, o software da Factorial também é a ferramenta ideal.

Confira em 1 minuto como funciona:

Registre-se e experimente o software de RH da Factorial por 14 dias grátis!

Bruna Carnevale é Content Manager da Factorial para os mercados do Brasil e Portugal. Com uma formação diversa em comunicação e línguas, se diz cada vez mais apaixonada pela área de RH e acredita que o acesso à informação de qualidade pode ajudar tornar a gestão de pessoas cada vez mais humanizada e eficiente.

Postagens relacionadas

Tem alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe com HR Community!

Deixe a timidez de lado e pergunte na comunidade feita por e para todos os profissionais de RH!