Ir para o conteúdo

Universidade corporativa: Dicas e exemplos para implementar na sua empresa

universidade corporativa

Nesse artigo, vamos explicar como a universidade corporativa atende às necessidades de aprendizagem e desenvolvimento dos colaboradores. Confira dicas práticas sobre como tirar este projeto do papel e o que fazer para criar um programa de treinamento que desenvolva funcionários preparados, instruídos e confiantes.

Muitas empresas esperam que os funcionários venham preparados e prontos para enfrentar todos os desafios que seus empregos apresentam. Mas a verdade é que o que eles aprenderam em instituições de ensino tradicionais pode não ser suficiente.

Não raro, os programas de ensino superior não são o suficiente para preparar o profissional para o mundo real de uma organização de alto nível. Por isso, investir em formação contínua e programas de treinamento deve ser uma prioridade das empresas que buscam reter e atrair os melhores talentos do mercado de trabalho.

É exatamente aí que a Universidade Corporativa, potencializando o desempenho e desenvolvimento dos colaboradores. Veja a seguir tudo sobre este tema e como implementar uma Universidade Corporativa.

software-rh-dp-360

O que é Universidade Corporativa?

Uma universidade corporativa nada mais é do que uma instituição educacional dentro de uma corporação — normalmente, uma grande empresa. Ela se diferencia das universidades tradicinais por oferecer atividades de aprendizagem e desenvolvimento sob medida para os talentos da organização, de acordo com os interesses e necessidades da própria empresa.

Isso inclui tudo o que é previsto nos planos de treinamento corporativo e nas atividades voltadas para o desenvolvimento da liderança da empresa. Alguns dos objetivos da criação de uma universidade corporativa passam por manter a competitividade corporativa em mercados em constante evolução e melhorar a retenção de talentos.

As universidades corporativas nasceram no mundo físico, mas o avanço tecnológico permitiu que elas se popularizassem e ganhassem escala no mundo virtual. Hoje, as universidades corporativas podem ser encontradas nos seguintes contextos:

  • Inteiramente no ambiente online
  • Criação de instalações físicas, como um campus universitário.
  • A partir de parcerias com instituições de ensino superior, com o objetivo de ampliar as oportunidades de aprendizado e terceirizar o serviço.

Independente do formato, a universidade corporativa é uma ferramenta estratégica para uma organização para atingir seus objetivos empresariais. Aliás, você sabia que Universidades Corporativas, são uma das grandes tendências para o RH em 2022?

👉 Oito tendências de RH para 2022 [+Infográfico de Recursos]

6 empresas que possuem Universidade Corporativa

Agora que você já sabe o que é universidade corporativa e como ela se diferencia das universidades tradicionais, é importante conhecer exemplos práticos. Para isso, mencionaremos a seguir algumas empresas que possuem uma universidade corporativa, destacando como funciona este tipo de instituição em cada uma delas.

Os principais exemplos de universidades corporativas vem de algumas das maiores empresas no Brasil e no mundo, que se destacam pela inovação e pelo foco no desenvolvimento de seus profissionais. Confira alguns cases de sucesso: 

  • Ambev On: A Ambev lançou, em 2020, uma nova versão de sua universidade corporativa. O recurso de treinamentos, que existe desde 1995, deixou de ser a Universidade Ambev e passou a se chamar Ambev On, com uma plataforma multimídia de conhecimentos em inovação. Muitos dos cursos, inclusive, são abertos ao público externo.
  • Universidade Petrobras: Diante de um mercado muito específico — exploração e produção de petróleo e gás natural —, a estatal brasileira resolveu criar uma instituição de ensino para capacitar os profissionais que ela não encontrava no mercado. A Universidade da Petrobras é tão importante para a empresa, que hoje a grande maioria dos seus 50 mil colaboradores já passou pelas salas de aula físicas e virtuais da Universidade Petrobras.
  • Universidade Banco do Brasil: A UniBB foi uma das primeiras universidades corporativas do Brasil, criada em 1965. Para alinhar os objetivos e a estratégia da empresa entre os mais de 85 mil colaboradores, a universidade fomenta práticas de aprendizado a distância. Além disso, ainda conta com mais de 30 polos de ensino distribuídos por todo o território brasileiro.

universidade corporativa exemplos

Mais exemplos

  • Universidade do Hambúrguer: A retenção de funcionários sempre foi um dos desafios do McDonald’s e uma das principais motivações para criar a Universidade Hambúrguer, o primeiro centro de treinamento global de uma cadeia de restaurantes, em 1961. Além de desenvolver talento e liderança, a universidade prepara os colaboradores do McDonald’s com as ferramentas e conhecimentos necessários para otimizar os recursos durante a execução das tarefas cotidianas. O pessoal aprende procedimentos de operação de restaurante que oferecem a qualidade, os padrões de serviço e limpeza e o valor da marca da rede de franquias.
  • Universidade da Apple: O primeiro folheto de marketing da Apple já dizia “Simplicidade é a máxima sofisticação”, lema que os professores da Universidade Apple defendem na formação dos executivos da empresa. O currículo gira em torno da cultura, história, estrutura e dinâmica da Apple. As aulas são presenciais na sede da empresa, utilizando como casos de negócio decisões que aconteceram dentro da própria Apple. A iniciativa de treinamento interno surgiu em 2008, quando Steve Jobs estava doente e queria preparar a empresa para a sua sucessão. Na época, ele convidou para supervisionar o programa Joel Podolny, então reitor da Escola de Administração de Yale.
  • Académie Accor: Responsável pelo treinamento e desenvolvimento dos colaboradores da Accor, a Académie Accor completará 30 anos no Brasil, em 2022. O primeiro campus na América Latina surgiu em Campinas, em 1992, com o objetivo de atender a todos os colaboradores do continente latino-americano. A academia também foi a primeira rede de aprendizado do setor de hospitalidade e hoje seus cursos cobrem formação para mais de 100 tipos de trabalho na indústria.

👉Gestão de Treinamentos nas empresas: Ferramenta para testar na prática

Diferenças entre a Universidade Corporativa e a Universidade Tradicional

Tanto a universidade corporativa quanto a universidade tradicional se estruturam em cursos, produzem e compartilham conhecimentos e tem como objetivo desenvolver as pessoas que passam por elas. Mas então, qual a diferença entre elas?

Para começar, existe uma diferença em como implementar a universidade corporativa. Isso porque ela costuma ser estrtuturada em cursos de curta duração. As aulas são objetivas e podem ocorrer durante o horário de trabalho do colaborador, como parte de suas atividades profissionais. Além disso, as aulas tendem a ser mais focadas na prática do que na teoria.

Algumas universidades corporativas também podem atender parceiros, clientes e fornecedores, oferecendo cursos para ensinar sobre a cultura e os valores da organização.

Embora a estrutura das universidades corporativas seja inspirada nas universidades tradicionais, há diferenças fundamentais entre elas. Por exemplo, uma instituição de ensino tradicional deve ser registrada e regida pelos regulamentos do Ministério da Educação. Uma universidade corporativa não tem a mesma obrigação.

Confira a seguir outras diferenças:

Universidade Corporativa Universidade Tradicional
Tipo de aprendizado Voltado ao conhecimento historicamente consolidado Voltado aos valores e à cultura da empresa
Tipo de formação Forma o profissional para o mercado de trabalho Desenvolve o colaborador para o futuro da empresa
Tipo de curso Cursos pensados por docentes Cursos pensados por gestores
Quem ensina Professores Palestrantes, instrutores internos e externos e/ou especialistas

👉Retenção de talentos: 12 estratégias para aplicar nas empresas

Por que implementar uma Universidade Corporativa na sua empresa?

As universidades corporativas são criadas por diversas razões, mas podemos dizer que a maioria das organizações tem as mesmas necessidades básicas. Alguns dos principais incentivos para implementar um programa sólido de treinamento e desenvolvimento na empresa são:

  • Fortalecer uma cultura comum e um senso de lealdade e pertencimento a uma empresa
  • Tirar o máximo proveito do investimento em treinamento
  • Otimizar a planejamento do RH estratégico
  • Organizar cursos para formação contínua
  • Atrair e reter talentos
  • Iniciar e apoiar mudanças organizacionais
  • Aplicar o lifelong learning
  • Fomentar práticas para manter a competitividade no mercado

A universidade corporativa não só oferece planos de treinamento e desenvolvimento valiosos aos colaboradores, mas também ajuda as organizações a reter e promover funcionários em destaque.

Aliada a processos de gestão de desempenho e com base em ferramentas para tomada de decisões como a Matriz 9 box, a universidade corporativa pode alavancar o desenvolvimento de colaboradores que têm o potencial de compor a futura liderança da empresa.

👉 Principais ferramentas para Avaliações de Desempenho

[Workshop] Educação Corporativa na prática 📖

Você precisa estruturar um plano de educação corporativa para levar os treinamentos e formações internas na sua empresa a outro nível? Descubra como:

  • Identificar oportunidades e necessidades
  • Implementar uma Universidade Corporativa
  • Elaborar um plano de Educação Corporativa
  • Analisar resultados para impulsionar o desenvolvimento dos colaboradores.

⬇️ Assista o Workshop prático sobre Educação Corporativa ⬇️

educacao corporativa curso

Dicas práticas para estruturar uma Universidade Corporativa na sua empresa

A universidade corporativa parece uma ideia atraente? Pois saiba que há muito trabalho envolvido no planejamento e implementação de um projeto assim. Confira a seguir dicas práticas para facilitar esse processo e saber como implementar uma universidade corporativa!

1. Estude a sua empresa e defina objetivos

Antes de colocar a mão na massa, é necessário saber exatamente com o que você vai lidar.

O ponto de partida é definir os principais objetivos da universidade corporativa. Dependendo da atuação da empresa, do número de colaboradores e do valor a ser investido, o porte e as metas do programa irão variar.

Enquanto empresas com muitas filiais ou franquias podem focar os seus treinamentos em padronização e controle de qualidade, outras organizações devem formar as equipes em habilidades específicas relacionadas ao negócio ou a novas tendências de trabalho.

Nessa etapa também é necessário analisar se a empresa tem profissionais para formar uma equipe e lidar com as demandas da frente de treinamento corporativo. Caso não tenha, será necessário contratar uma consultoria externa ou providenciar estes recursos extras.

2. Personalize a sua estrutura educacional

Todos os cursos, conteúdos e atividades devem corresponder às necessidades da indústria ou setor de sua organização. Eles também devem se alinhar com a cultura e os objetivos organizacionais da sua empresa.

Por isso, é importante escolher os métodos e os temas que melhor se adaptem às expectativas dos seus futuros alunos. Use a tecnologia a seu favor. Ela deve ajudá-lo a atingir os objetivos de sua universidade corporativa, satisfazendo ao mesmo tempo as preferências de aprendizagem de seus funcionários e as demandas de capacitação da empresa.

Essa personalização também impacta como a sua marca empregadora será percebida: cuide dos elementos visuais e da experiência dos seus colaboradores!

3. Estruture trilhas de desenvolvimento

Desenhar programas de aprendizado eficazes e alinhados às necessidades da empresa é fundamental para envolver os alunos desde o começo e promover a máxima absorção e retenção dos conhecimentos difundidos.

Uma boa ideia é organizar trilhas de desenvolvimento, que podem ser específicas por função ou abertas à diferentes profissionais, independente da sua área de atuação. Por exemplo, você pode ter uma trilha para a equipe comercial, mas a liderança dos diferentes departamentos pode seguir a mesma trilha de desenvolvimento.

Dessa forma, será possível convencer todas as equipes do valor da educação continuada dentro da empresa.

universidade corporativa o que e

4. Escolha uma boa plataforma de ensino

A plataforma de ensino online é o coração da universidade corporativa e saber escolher a melhor para a sua empresa é fundamental para o sucesso da sua iniciativa.

Alguns aspectos a considerar ao buscar uma solução:

  • É possível hospedar vários cursos ao mesmo tempo?
  • A plataforma permite criar cursos segmentados para diferentes públicos?
  • Podemos personalizar o domínio e as cores da página?
  • A plataforma é intuitiva?
  • Ela oferece indicadores de desempenho dos colaboradores?
  • Há suporte a diferentes formatos de conteúdo (vídeos, apresentações, questionários etc.)?
  • Há limite de usuários?
  • Entre outros.

Avalie detalhadamente as opções e escolha a que melhor se adequa à realidade da sua empresa. Para ajudar, selecionamos as melhores plataformas EAD no mercado brasileiro!

👉 6 melhores Plataformas EAD para treinamento corporativo

5. Comece devagar

Sua empresa não precisa de um super campus ou de uma marca forte para criar uma universidade corporativa de sucesso. Dá para arregaçar as mangas e começar desde já!

Lembre-se de que a educação é um investimento. Ao investir no futuro de seus funcionários, eles se sentirão mais motivados e mais leais à sua organização.

O modelo de universidade corporativa permite desenvolver um currículo que nutre as habilidades que já existem em seus funcionários. Este compromisso com o desenvolvimento de talentos separa as organizações padrão das organizações de alto nível.

As universidades corporativas de hoje não precisam ser parecidas com os programas chatos de treinamento corporativo de ontem. Elas também podem se concentrar nos benefícios da formação contínua e não apenas nos interesses mais imediatos da empresa.

[Ebook📚] Treinamento e Desenvolvimento Empresarial: Guia completo

Se você busca um material completo sobre universidades corporativas e, em concreto, sobre estratégia de treinamento e desenvolvimento para os colaboradores da sua empresa, aqui você encontra tudo o que precisa saber.

Elaboramos um e-book com as principais etapas para a elaboração de um plano de Treinamento e Desenvolvimento nas empresas de forma eficiente. Veja como organizar treinamentos, detectar necessidades e medir resultados.

⬇️ Baixe o e-book de T&D abaixo ⬇️

ebook treinamento e desenvolvimento

Software para Gestão de Treinamentos

A essa altura você já sabe que investir no treinamento profissional dos colaboradores é essencial. Mas como gerenciar e organizar todos os processos relacionados à formação de funcionários?

Plataformas e ferramentas online podem ajudar muito nesta tarefa. Um exemplo é o software de RH da Factorial, um sistema integrado que fornece aos empregadores e gestores de RH inúmeras funcionalidades, incluindo uma ferramenta completa para a gestão dos treinamentos internos da empresa.

Esta plataforma pode ser testada por 14 dias na prática e com ela é possível:

  • Acompanhar todos os cursos, workshops e treinamentos planejados e em andamento;
  • Monitorar as taxas de participação e conclusão de cada curso;
  • Montar um orçamento e acompanhar os custos dos treinamentos;
  • Acompanhar o progresso dos funcionários e se os resultados esperados foram alcançados;
  • Solicitar o feedback dos colaboradores que participaram;
  • Centralizar todos os dados em um só lugar com relatórios especializados.

Otimize a Gestão da formação na sua empresa com uma ferramenta para treinamento e desenvolvimento: registre-se grátis e experimente o software de RH da Factorial por 14 dias

 

 

 

Texto escrito por Constance Laux

Bruna Carnevale é Content Manager da Factorial para os mercados do Brasil e Portugal. Com uma formação diversa em comunicação e línguas, se diz cada vez mais apaixonada pela área de RH e acredita que o acesso à informação de qualidade pode ajudar tornar a gestão de pessoas cada vez mais humanizada e eficiente.

Postagens relacionadas

Tem alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe com HR Community!

Deixe a timidez de lado e pergunte na comunidade feita por e para todos os profissionais de RH!