Ir para o conteúdo
avaliaçao desempenho entrevista

Avaliação de desempenho e sua importância: Entrevista com Aline Sousa

Ano novo, novos projetos e, portanto, novos desafios para os setor de RH. Durante a pandemia do ano passado, a saúde mental dos colaboradores se tornou um tópico de extrema importância nas organizações. Acompanhar as mudanças urgentes que envolveram teletrabalho e distanciamento social, se tornaram pontos principais para a gestão de pessoas.

Desse modo, profissionais de Recursos Humanos precisavam de uma ferramenta para medir e analisar a performance de seus colaboradores. Uma das formas encontradas foi o uso da avaliação de desempenho e feedback de desempenho, aplicadas de forma contínua aos colaboradores. Antes, esses tipos de questionários eram efetuados de maneira mensal ou anual.

Hoje, sabemos que já não é mais assim. As empresas que realmente estão focadas no desenvolvimento e melhor produtividade de seus colaboradores, estão cada vez mais disponíveis a escutá-los. Isso faz com que aplicar questionários de avaliação de desempenho e buscar feedback dos resultados desses questionários auxilie o profissional nas suas estratégias  de gestão de pessoas. Por exemplo, quais ações de salário emocional oferecer e quando seria o melhor momento.

Além disso, vale ressaltar que no caso dos questionários de avaliação de desempenho e feedback, um complementa o outro. Desse modo, o primeiro representa a análise feita através do ponto de vista do gestor ou chefe de equipe. Enquanto o segundo, mostra o ponto de vista do colaborador e o que ele está passando na sua rotina de trabalho.

Para trazer uma visão mais especializada sobre o tema,  convidamos para a entrevista de hoje a LinkedIn Top Voices 2020 Aline Sousa.  Com ela, vamos falar sobre a importância e os benefícios de praticar a avaliação de desempenho e o feedback no seu negócio.

 

1. Antes de começarmos com as perguntas mais técnicas, poderia comentar sobre a sua trajetória com Consultoria Humanizada e Headhunter? O que te levou a escolher esse caminho?

Sou formada em Administração de empresas e sempre atuei neste segmento, porém não me sentia realizada e nem feliz. Somado a isso, tive que interromper minha carreira abruptamente para cuidar do meu filho mais velho, quem desenvolveu uma grave alergia.

Por muito tempo tentei voltar ao mercado de trabalho após a maternidade, porém fui muito discriminada nos processos seletivos por ter filhos pequenos.

Então, comecei a pesquisar outras formas de trabalho, que me permitisse cuidar dos meu filhos e ao mesmo tempo obter uma renda. Comecei a me especializar em Headhunting e conheci uma plataforma de recrutamento online, onde atuo até hoje.

A consultoria humanizada veio logo depois. Quando percebi que poderia oferecer um serviço personalizado às pessoas. Talentos que buscam recolocação, transição de carreira, ingressar no mercado de trabalho ou mesmo estando empregadas. Ou seja, buscam novas oportunidades.

👇Inscreva-se👇

liderança feminina webinar

2. Estar entre os principais nomes do LinkedIn Top Voices 2020 mostra a importância do seu discurso e das suas ações para as pessoas que te seguem. O que esse prêmio representa para você? Quais são os novos objetivos  a serem alcançados?

Significa a concretização de que tudo o que eu escrevo e falo é importante e impacta a vida das pessoas. O meu propósito de auxiliar as pessoas através do meu conhecimento e experiência, tem se tornado cada vez mais evidente. E o título só reforça que a minha missão está no caminho certo.

 

3. Poderia compartilhar a experiência de avaliação de desempenho que mais te marcou até agora e que poderia ajudar e inspirar outras pessoas?

Quando fui gestora, eu frequentemente buscava entender e acompanhar de perto como os colaboradores estavam se sentindo. Porque eu sabia que aquilo impactava na performance das pessoas.

Mensalmente eu convocava uma reunião para podermos falar abertamente sobre os rumos da empresa e avaliação de desempenho. E era nesse espaço, onde os destaques do mês eram mencionados pela diretoria. Isso servia de inspiração aos demais colaboradores. Além disso, eu chamava cada profissional  particularmente para passar um feedback e avaliação de desempenho  sobre sua atuação. E assim, mostrar os pontos a serem melhorados e também parabenizar pela parceria.

 

4. O seu projeto Conexão Networking BR tem como proposta principal interação de profissionais de diversas áreas, além de troca de experiências e conhecimento. Como surgiu a ideia para esse projeto? Existe alguma história de sucesso gerada pelo grupo que você gostaria de compartilhar?

Surgiu da vontade de reunir vários profissionais dos mais diversos segmentos para trocas de experiências e conhecimentos. Tudo isso em um evento gratuito em que haveria palestras, distribuição de brindes, rodas de conversa, entre outras ideias. Porém, com a pandemia não foi possível realizar o evento. Contudo, hoje temos o grupo de LinkedIn Conexão Networking BR  com mais de 2 mil pessoas, onde há compartilhamento de vagas de emprego e conteúdo de Recursos Humanos. Espero que consigamos realizar o evento em 2021.

 

5. Para você, qual a importância da avaliação de desempenho na gestão de pessoas e qual o papel do feedback nesse processo?

Acredito que a avaliação de desempenho é importante para acompanhar o desenvolvimento do profissional. Desse modo, identificar forças e pontos de melhoria, com os quais fazer com que os colaboradores se sintam valorizados, engajados e motivados. E assim, trabalham com mais afinco e produtividade. Enquanto o  feedback é primordial nesse processo. Pois melhora a comunicação entre todos os envolvidos e estreitando os laços. É uma atitude que demonstra respeito e consideração com as pessoas.

 

6. Quais os tipos de avaliação de desempenho e de feedback você costuma trabalhar? Existe algum modelo que funcione melhor que outros? Como podemos identificar qual o melhor modelo para adotar em cada empresa e  qual a melhor forma para adaptá-lo?

Quando eu administrava a escola e gerenciava a clínica, os modelos de avaliação de desempenho 180º e o modelo de feedback feito pelos clientes funcionavam muito bem. Com relação se existe um melhor, vai depender muito da cultura organizacional e do cenário que a empresa se encontra: seja o  modelo de avaliação de desempenho 360º, Autoavaliação, em conjunto, etc.

O importante é que essa prática seja exercida na empresa. A adaptação vem da necessidade da organização. Por exemplo, eu não tinha um setor de RH onde eu trabalhava e eu mesma tinha que definir as estratégias dessa área. Portanto, a prática da autoavaliação em alguns momentos era de suma importância. Pois assim, eu podia saber como o colaborador estava se sentindo com relação ao seu trabalho e em outros momentos. A avaliação de desempenho 180º  trazia a troca de percepções.

 

avaliação de desempenho

 

7. Com tudo o que aconteceu no ano de 2020, você notou alguma mudança de paradigma de como aplicar questionários de avaliação de desempenho e feedback? Por exemplo, em relação a abordagem, metodologia ou ainda no tempo e momento de aplicação.

Nesses tempos de pandemia em que o home office tornou-se uma realidade cada vez mais presente, é fundamental entender se o colaborador está com a mesma produtividade e performance do trabalho presencial. E isso pode ser mensurado através das entregas, cumprimento de prazos e comprometimento no trabalho. Portanto, podem ser aplicados os mesmos tipos de avaliação de desempenho sem perder a qualidade do processo. Sendo que  o mesmo se aplica ao feedback.

8. O ano de 2020 foi muito atípico e mais conturbado que os anteriores para a maioria dos colaboradores. Como o processo de feedback de desempenho pode identificar os problemas que os colaboradores estão passando de maneira eficaz e não invasiva? E de que maneira pode servir como ferramenta para  auxiliar na melhora da saúde mental dessas pessoas?

Independente do regime de trabalho é essencial que a empresa esteja próxima dos colaboradores. E durante um feedback ou avaliação de desempenho, é importante que a liderança seja capacitada e treinada a fim de entender e extrair daquela pessoa da forma mais cordial possível. Através de uma conversa franca, as expectativas, anseios, dúvidas e situações pelas quais o colaborador esteja vivenciando.

Algumas causas principais que causam desgaste mental dos funcionários são: cobrança intensa, assédio moral, jornadas de trabalho exaustivas, falta de comunicação e má gestão. Portanto, a implementação de programas de humanização nas organizações e que promovam o bem-estar mental é de essencial importância.

A redução dos fatores de risco relacionados ao trabalho, desenvolvimento de aspectos positivos de trabalho e enfrentamento de casos de problemas de saúde mental independentemente da causa, além de meditação, conversas em grupo, terapia, dentre outros.

 

9. Sabemos que um dos pontos chave do seu trabalho é compartilhar com sua audiência o que há de inovador no setor de RH. Pensando nisso, quais são as tendências de avaliação de desempenho e feedback de desempenho para 2021?

O People Analytics e Big Data são  fortes tendências no RH. Enquanto People Analytics  realiza cruzamento de dados como: avaliação de desempenho, perfil comportamental, histórico de promoções, feedbacks recebidos, etc. Assim, identificando  os funcionários com maior potencial para liderança. E então, encaminhá-los para treinamentos específicos, por exemplo. Já a Big Data, pode ajudar a garantir que o desempenho dos funcionários seja medido com mais precisão, determinando, por exemplo, em quais períodos, a empresa produz mais.

 

software rh factorial

Aline Sousa Bio:

Aline é Bacharel em Administração de empresas. Possui MBA em Gestão de Pessoas e Certificação Internacional de Análise Comportamental DISC. Também é mãe de dois meninos, casada, apaixonada por relações humanas e acredita no poder do propósito. Atua há mais de 8 anos com gente e gestão de pessoas. Com foco em recrutamento e seleção, treinamento, desenvolvimento e cultura organizacional. Atualmente Aline é proprietária da Aline Sousa Consultoria Humanizada, onde presta serviços sobre carreira, entrevistas, currículo, processos seletivos e hunting.

 

 

Related Posts

Deixe um comentário