Assistente de Recursos Humanos: tudo sobre a profissão e o mercado

O número de buscas no Google não mente: o assistente de Recursos Humanos é uma das profissões do setor de RH mais procurada. Essa função também pode ser conhecida por outros nomes. Entre elas, assistente de RH, assistente de departamento pessoal, assim como assistente de recrutamento e seleção. É um dos cargos mais versáteis e que participa de forma ativa no suporte aos diversos processos do departamento. E muitas vezes também o trampolim para uma especialização em RH ou para uma função mais estratégica na empresa.

Mas, afinal, o que faz o assistente de recursos humanos? Qual é o salário do assistente de RH? E qual são suas responsabilidades dentro de um departamento pessoal? Confira as repostas para essas e outras perguntas aqui!

Índice

Definição do que faz um assistente de RH

Podem surgir muitas dúvidas do que um assistente faz dentro de um departamento de RH. E não se assuste, isso somente reflete a versatilidade e expansão da gestão de pessoas. Em geral, o assistente de RH está próximo de todos os colaboradores, prestando suporte necessário em tudo que envolve o ambiente de pessoas nas empresas. Dessa forma, pode atuar em políticas de ação de RH, no recrutamento e seleção – participando na pesquisa do candidato ideal e na sua incorporação à organização – e ainda abraça outras funções. Já falaremos sobre elas em seguida.

Sendo assim, vejamos a definição que o Código Brasileiro de Ocupações (CBO) coloca no site do Ministério de Trabalho sobre o cargo:

Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Apontamentos em folhas ponto.

Com isso, podemos dizer que ele está presente em boa parte do dia a dia de diversos colaboradores. O que o faz uma peça-chave na empresa, atuando em forma holística para que colaboradores e gestores consigam trabalham em harmonia. Então, quais são essas funções que o assistente de recursos humanos possui? Veja abaixo!

Funções do assistente de recursos humanos

O profissional de RH que embarca no cargo de assistente, poderá encontrar diversas oportunidades e maior conhecimento sobre as funções gerais da gestão de pessoas. A possibilidade de atuar em diferentes fases de um processo amplo e de obter a capacidade de treinar a habilidade de leitura estratégica da área é gratificante. Então, quais são essas funções que o cargo de assistente de RH encontra?

  • Controlar a presença e frequência dos colaboradores
  • Gerenciar e planificar a gestão de salários e benefícios
  • Participar no processo seletivo: pode ser em todo ele ou em somente uma parte
  • Planejamento de carreiras
  • Resolver conflitos
  • Fazer leitura de dados e cruzamento de números para obter informações estratégicas
  • Elaborar programas de treinamento
  • Implementar avaliações de desempenho
  • Desenvolvimento de equipes
  • Resolver dúvidas dos colaboradores a cerca da empresa

Como você pode ver, o assistente de recursos humanos está a par de diversas funções dentro da empresa. Assim como, presta todo o tipo de orientação ao colaborador e empresa, e quando feita de maneira integrada com as demais áreas da empresa, pode resultar em crescimento para a organização.

Para entender também como o mercado enxerga o profissional de assistente de RH, uma boa maneira é analisar a média salarial.

baixar folha de ponto

Qual é o salário do assistente de RH?

O mercado para este profissional é amplo, de forma que a pessoa poderá trabalhar tanto em empresas de pequeno ou grande porte. Ambas têm demanda por esse profissional específico. Entretanto, sabemos que esse profissional pode ser mais valorizado em uma região do Brasil do que em outra. Nesse caso, o estado de São Paulo é o que melhor paga o assistente de RH em média.

  • Salário em média no Brasil: R$1.788,96 (Fonte: Guia Profissões e Salários da Catho)
  • Em empresas de pequeno porte: R$ 1.220,53/Nível Sênior: R$ 2.134,71
  • Em empresas de médio porte: R$ 1.464,63/Nível Sênior: R$ 2.561,66
  • Em empresas de grande porte: R$ 1.757,57/Nível Sênior: R$ 3.074,00

Para exercer a profissão, é possível optar por diferentes formações acadêmicas em RH. Pode se estudar Administração e RH, graduação em psicologia, ou uma pós graduação/especialização/mestrado em gestão de pessoas e recursos humanos. Mas, saiba que também há uma parcela de profissionais de vêm de áreas muito diferentes e hoje, não é necessário um caminho linear para que se ocupe esta posição. Um bom exemplo dessa transformação do mercado é que pessoas de formação matemática ou que estuda dados, acabam seguindo a área de People Analytics.

Assim, podemos afirmar que é um mercado amplo com muitas possibilidades de crescimento profissional e um pontapé interessante para conhecer tudo o que a área tem para oferecer.

Outra dúvida comum é se o assistente de recursos humanos realiza as mesmas funções do analista. Em outras palavras, qual é a diferença entre o assistente e o analista de recursos humanos?

A diferença entre o assistente e o analista de RH

Uma boa maneira de colocar esta questão de maneira fácil é dizer que o assistente tem um papel mais de suporte, enquanto que o analista tem responsabilidade mais amplas e complexas. Aliás, é comum que o analista seja um cargo de gerência, onde a formação e a experiência nas diversas funções do RH são consideráveis e específicas. Enquanto que o assistente de recursos humanos pode ter uma especialização maior nos termos técnicos e burocráticos da gestão de pessoas.

Além disso, podemos perceber que muitas das atribuições de um assistente de RH hoje em dia vai se incorporando ao de um analista. Pois, após a crise de 2014, o mercado têm ampliado as funções do analista para que a empresa possa ter em só profissional também as características técnicas. Dessa forma, é natural que ambas áreas se integrem ou até se confundam muitas vezes.

teste gratis factorial

Leave a Comment